Como renovar o auxílio emergencial?

 Como renovar o auxílio emergencial?


Ouvir Como renovar o auxílio emergencial? no Pocket Casts
Capa - Como renovar o auxílio emergencial?
JORNALISMO DE PEITO ABERTO
Quando o projeto do auxílio emergencial foi aprovado, era difícil prever quando, como e com quais estratégias conseguiríamos escapar da pandemia do Coronavírus. A dimensão da crise causou um pânico tão grande, que a aprovação da ajuda de custo de R$ 600 reais foi quase unânime. Os meses se passaram, o auxílio pesou no orçamento público, e seu valor caiu pela metade nos últimos meses de 2020. E neste ano, se a vacina anuncia a luz no fim do túnel já existe, ela é bem mais fraquinha do que a gente imaginava. Mas do jeito que está o orçamento, não há mais espaço para sustentar um investimento tão alto quanto o auxílio. Nem mesmo sua provável renovação, de R$ 250, consegue resolver o dilema: para o Estado o benefício, custa muito. Para as famílias, não consegue ser o suficiente para pôr comida na mesa.

Mas se o auxílio segurou as pontas em 2020, impulsionou a Economia e impediu que o PIB e os índices de emprego despencassem ainda mais, por que não arranjar espaço para esse investimento? O auxílio é uma boa medida, do ponto de vista econômico? Renovar o auxílio é a única saída, ou é um jeito de mascarar o problema econômico da pandemia?

Nesta semana, Ju Wallauer e Cris Bartis sentam na mesa com os economistas Monica De Bolle, Pedro Menezes e Alessandra Ribeiro para entender o que está em jogo quando falamos de auxílio emergencial. Procuramos entender as histórias por trás dos números, conversando com beneficiários do auxílio emergencial de diferentes classes, lugares e situações econômicas. Um papo sobre Economia, política, sociedade… e sobre o que queremos de nós enquanto país.

Comentários